CERATOCONE

Várias pessoas já ouviram falar ou conhecem alguém que é portador de ceratocone e que está aguardando para transplante ou já foi submetido a um transplante de córnea. 

Que doença é esta? Todo s os portadores vão necessitar de transplante de córnea? Ela tem Cura? Quais são os tratamentos existentes?

O ceratocone é uma doença que afeta a córnea, que é uma lente transparente, de aproximadamente 11 mm de diâmetro, localizada na parte anterior do globo ocular, à frente da íris (parte colorida do olho), que juntamente com o cristalino ( lente interna) tem a função de focar a imagem na retina. 

È uma doença geralmente bilateral, de etiologia ( causa) ainda desconhecida. As córneas normais tem uma curvatura regular, em forma de cúpula ou calota, nos casos de ceratocone as córneas vão se afinando e conseqüentemente modificando o seu formato, tornando-se cônicas e irregulares. 

Sua incidência é de aproximadamente 54,4 casos para cada 100 000 habitantes, existindo uma freqüência maior nos portadores de conjuntivite alérgica, síndrome de Down e outras doenças. Existe também uma predisposição genética com formas de transmissão familiar. 

Os sintomas geralmente se iniciam na adolescência ou início da vida adulta, com a presença de astigmatismos irregulares, mudanças mais rápidas do grau e piora da correção visual obtida pelos óculos. 

A detecção da doença pode ser feita pelo oftalmologista através de exames de ceratometria, topografia e paquimetria corneana. 

Uma vez detectado o problema inicia-se o tratamento com óculos ou lentes de contato rígidas ( duras). Em torno de 80% dos pacientes o ceratocone se estabiliza na vida adulta, mas nos outros 20% há uma piora progressiva levando à inadaptação aos óculos ou lentes de contato, sendo necessário o tratamento cirúrgico. 

Existem hoje dois tratamentos cirúrgicos: o mais tradicional e eficiente que é o transplante de córnea e o outro,como opção em alguns casos, que é a colocação de um anel dentro da córnea com o objetivo de estabilizar o tecido corneano e controlar sua evolução. O transplante de córnea quando necessário, de modo geral tem um ótimo prognóstico, sendo realizado com sucesso na maioria dos casos.

Portanto como vimos, o ceratocone é um problema que geralmente é tratado com óculos e lentes de contato, sendo necessário o tratamento cirúrgico numa pequena parcela dos portadores. O importante é o diagnóstico correto e acompanhamento com seu oftalmologista de confiança.

Dr. Pedro Paulo Reis